Espanha pode acabar excluída da Copa do Mundo de 2018, por conta de interferência governamental no futebol, o que não é permitido pela Fifa.

 

O ex-presidente da Federação Espanhol, Ángel María Villar (foto), realizou denúncia e a Fifa investigará o fato de que o Conselho de Esportes do país participou dos processos de eleição no órgão que gere o futebol local.

Ainda de acordo com a publicação, a Federação recebeu notificação de que pode sofrer sanções. Após a publicação da notícia, a RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol) divulgou comunicado oficial explicando o assunto.

"Representantes da Fifa e da Uefa mostraram preocupação com nossa situação e manifestaram seu interesse em se reunir o mais rápido possível com as instâncias esportivas do país, para ter maior conhecimento do tema", diz trecho da nota.

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

0
0
0
s2sdefault
Web Radio Lente Digital

Usuários Online 

Temos 35 visitantes e Nenhum membro online

Scroll to top