Os principais hospitais da rede pública municipal de saúde de Fortaleza, como Instituto Dr. José Frota, Hospital Nossa Senhora da Conceição e Frotinhas está com superlotação.
De acordo com a prefeitura, a situação se deve ao grande número de pacientes do interior do estado que,

por falta de condições de atendimento em seus municípios, acabam sendo encaminhados para a capital cearense. "A gente não pode concentrar , em um único município, essa quantidade de pacientes que cresce a cada dia. É preciso que aos municípios principalmente os maiores criem condições mínimas necessárias para atender a sua população em relação à traumatologia", diz o médico Rommel Araújo, coordenador de Gestão Hospitalar e Unidades Especializadas da Prefeitura de Fortaleza.
Mutirões
Entre as medidas para diminuir o número de pessoas que estão ocupando leitos nos hospitais à espera por cirurgias especialmente traumatológicas, o município decidiu implantar mutirões noturnos para a realização de cirurgias no IJF. "A prioridade é atender idosos e crianças. Com os mutirões, conseguimos realizar até oito cirurgias a cada dia", relata o médico.
Além do IJF, mutirões de cirurgias estão sendo realizados aos sábados no Frotinha de Antônio Bezerra. "Com isso a gente reduz a demanda de pacientes nos corredores, não só dos três frotinhas, mas também do IJF", acredita Rommel Araújo.


Com Informações G1-CE

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

0
0
0
s2sdefault
Web Radio Lente Digital

Visitas no Site

131870
Hoje
Ontem
Esta Semana
Semana Passada
Este Mês
Mês Passado
Todas as Visitas
57
1174
8120
119654
15376
19900
131870

Seu IP: 54.161.108.58
22-04-2018 01:36

Usuários Online 

Temos 51 visitantes e Nenhum membro online

Scroll to top